Ensaio romântico e econômico em NYC

Olá pessoal!

 

Hoje resolvemos começar a contar um pouco de nossas proezas por ai. Falamos super pouco de nós, mas temos muitas histórias para compartilhar. Principalmente, de economias por esse mundo a fora.

Está chegando o dia do nosso casamento, e como não poderia deixar de ser, nosso ensaio envolveu uma de nossas viagens.

Hoje vamos dar algumas dicas para vocês economizarem em um ensaio romântico em NYC, ou em qualquer lugar que estiverem .

Tínhamos passagem comprada para Junho/2016, nosso casamento será Fevereiro/2017. Bom, começamos a olhar fotógrafos em NYC, pois tinhamos pensado em fazer o ensaio (pre-wedding) lá. Só que os orçamentos que vinham eram absurdos, do tipo US$ 300 a hora. Isso era um exagero para nós, que somos extremamente “pão duros”.

Depois de quase um mês olhando orçamentos e enchendo o saco do Leo, ele me veio com a brilhante solução: Faremos nós o nosso ensaio!!!

Ele conseguiu um tripé compacto mas de 1,50m, pegamos nossos celulares (que tem câmeras excelentes), uma Gopro e  nossa vontade em tirar fotos lindas e embarcamos ruma a Nova Iorque.

Um dos dias do nosso roteiro era destinado a tirar nossas fotos românticas. Mas não contente com tudo, eu queria aqueles balões com gás hélio em formato de coração. Portanto, tudo que era papelaria eu já me informava se tinha. Até que no dia encontrei uma que o balão custou US$ 2 já com o gás, comprei 2 e sai bem feliz por NYC.

Agora o problema era, onde vamos tirar as fotos? Todos os cenários e ruas eram lindos.

Começamos fazendo fotos na rua do nosso hotel, no Halem.

Após fomos em direção ao central park, pois eu achava que teria cenários lindos, e realmente tinha. Essa foi a melhor parte do ensaio. O central park estava lotado. Mas, caminhamos uns 30minutos e o que encontramos? Um banco lindo, como o cenário de muitos filmes, vago, esperando por nós.

Após sairmos de lá, fomos para o metro. E aproveitamos para tentar tirar algumas fotos lá, e deu super certo.  Esperamos o último vagão, que geralmente fica mais vazio. E para nossa surpresa conseguimos um vagão com quase ninguém.

O Leo ainda queria ainda ir no Grand Terminal e eu tirar aquelas fotos com um táxi amarelo, afinal era o que mais caracterizava Nova Iorque. Ficamos uns 20 minutos com a Gopro batendo fotos até que um táxi passasse por nós.

Bom, eu amei o nosso ensaio, e o que ele custou? US$ 4 de dois balões e um pouco da paciência de cada um.

Segue mais algumas fotos que fizemos por lá.

Se tiverem alguma dúvida ou sugestão, comenta ai.

Abraços,

This entry was posted in Notícias. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *